13 dados que poderiam ser usados como repertório na redação do Enem 2023

13 dados que poderiam ser usados como repertório na redação do Enem 2023

Na Competência 2 da redação, os corretores avaliam os repertórios socioculturais relacionados ao tema “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidados realizados pela mulher no Brasil”; confira exemplos

No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são aplicadas as provas de Ciências Humanas, Linguagens e Redação. Na edição 2023, o tema escolhido pela banca para dissertação foi “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidados realizados pela mulher no Brasil”.

A partir dele, os participantes da prova precisaram elaborar um texto dissertativo-argumentativo, formado por introdução, desenvolvimento e conclusão. Na parte de desenvolvimento do texto, é onde os corretores esperam encontrar repertórios socioculturais que sustentem a tese defendida pelo autor. Esses repertórios podem ser referências audiovisuais, literárias, científicas e históricas, por exemplo.

A professora Marina Ferreira, que dá aulas de redação aos alunos do Estratégia Vestibulares, comenta sobre o tema: “A principal perspectiva a ser problematizada é a de sobrecarga, uma vez que já não se fala apenas em dupla função, fala-se em múltiplas funções que estão no escopo da gestão feminina”

E complementa com um exemplo de repertório: “Alguns dados do PNAD demonstraram isso recentemente: mulheres gastam mais tempo em tarefas domésticas quando dividem o lar, além de dedicarem o dobro de tempo do que homens no cuidado de pessoas”. 

Confira, a seguir, 13 dados que poderiam ser usados como repertório na redação do Enem 2023:

Leia também:
+ 7 citações que poderiam ser usadas na redação do Enem 2023
+ Enem 2023: modelo de redação nota 1000, de acordo com o Estratégia Vestibulares
+  Gabarito Enem 2023: correção do 1º dia de prova

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

Dados sobre o trabalho de cuidado realizado por mulheres

  • De acordo com o relatório “Tempo de Cuidar”, publicado pela Oxfam Brasil em 2020, todos os dias mulheres e meninas somam, ao redor do mundo, 12,5 bilhões de horas de cuidado não remunerado.
  • Ainda segundo o mesmo documento, a soma das horas de trabalho invisibilizado no cuidado somam uma contribuição de pelo menos US$ 10,8 trilhões por ano à economia global. Ou seja, graças às atividades de cuidado é que muitas outras podem ser feitas.
  • 90% do trabalho de cuidado no Brasil é feito informalmente pelas famílias Desse percentual, quase 85% é feito por mulheres. Afirma o estudo da Oxfam Brasil.
  • O relatório ainda apresenta o dado que, dos 67 milhões de trabalhadores do mundo, 80% são mulheres.
  • No Brasil, das mulheres que trabalham, 14,5% estão no trabalho doméstico, contra apenas 1% dos homens. A informação também é do “Tempo de Cuidar”.
  • Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Anual (PNAD Contínua), do  Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), de 2019, apontaram que mulheres gastam mais de 61 horas por semana em trabalhos não remunerados no Brasil. A jornada de trabalho formal máxima permitida pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) é de 44 horas semanais.
  • A Organização Internacional do Trabalho (OIT) informa que 606 milhões de mulheres ao redor do mundo afirmaram que o trabalho de cuidado não permitia que elas conseguissem um emprego fora de casa. Por outro lado, apenas 41 milhões de homens fizeram a mesma afirmação.


Dados sobre o trabalho de cuidado realizado pelas mulheres na pandemia

  • Um estudo da Sempreviva Organização Feminista e da revista digital Gênero e Número, concluiu que 50% das brasileiras passaram a cuidar de alguém durante o período de crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 a partir de 2020. Em áreas rurais, o índice foi ainda maior, chegando a 62%.
  • A Sempreviva ainda aponta que três em cada quatro mulheres responsáveis pelo cuidado de crianças, idosos ou pessoas com deficiência, afirmaram que a necessidade de monitorar e fazer companhia aumentou durante o isolamento social.
  • A pesquisa Parent in Science, de 2020, revelou que entre os pós-doutorandos, apenas 34% das mulheres com filhos submeteram artigos científicos como o planejado, enquanto que para os homens o índice foi de 58,4%.


Dados sobre necessidades de cuidados

  • Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que, em 2050, o Brasil terá cerca de 77 milhões de pessoas dependentes de cuidado (pouco mais de um terço da população estimada) entre idosos e crianças.
  • De acordo com o Ipea, apenas 30% dos municípios brasileiros (cerca de 1.500) contam com instituições de assistência a idosos e a maior parte deles está localizada na região Sudeste do país.
  • Em 2019, a PNAD Contínua apontou que 54,1 milhões de pessoas declararam realizar atividades de cuidado com moradores de seu domicílio ou parentes.

Calendário Enem 2023

  • Solicitação de isenção e justificativa de ausência: 17 a 28/04/2023;
  • Resultado da justificativa e isenção: 08/05/2023;
  • Recurso da justificativa e isenção: 12/05/2023;
  • Resultado do recurso: 19/05/2023;
  • Inscrições: 05/06/2023 a 16/06/2023
  • Pagamento da taxa de inscrição: até 21/06/2023;
  • Atendimento especial e tratamento por nome social: 05 a 16/06/2023;
  • Aplicação do exame em: 05 e 12/11/2023;
  • Divulgação do gabarito em: 14/11/2023*; e
  • Divulgação dos resultados em: 16/01/2024.
  • * A data de divulgação do gabarito foi antecipada.

Como estudar para o Enem?

Para te ajudar nos estudos, o Estratégia Vestibulares oferece diariamente aulas gratuitas no YouTube sobre todas as matérias que caem nos vestibulares e no Enem!

Além disso, para aqueles que querem investir nos estudos, a plataforma também oferece um curso preparatório exclusivo sobre o Enem, com professores especialistas na prova e com diversos benefícios. Dá só uma olhada: 

  • Curso com livros digitais;
  • Correção ilimitada de redações;
  • Fórum de dúvidas;
  • Simulados com questões inéditas;
  • Questões comentadas;
  • Mapas mentais; e
  • Entre muitas outras vantagens.

Ficou interessado? Então, clique no banner e saiba tudo sobre os cursos oferecidos pelo Estratégia Vestibulares!

EV - CTA - Turma do Meio do Ano - Ultimo Lote 2024
Você pode gostar também
enem análise literatura
Leia mais

Como calcular a nota do Enem?

Confira também em quais programas do governo você pode usar a média do exame para ingressar em instituições de ensino superior
isenção enem
Leia mais

Isenção Enem 2024: veja como solicitar

Saiba como solicitar a isenção do Enem 2024 e veja como justificar ausência na próxima edição do maior vestibular do Brasil