7 filmes e documentários sobre mulheres na ciência para aumentar seu repertório sociocultural

7 filmes e documentários sobre mulheres na ciência para aumentar seu repertório sociocultural

O Estratégia Vestibulares preparou este artigo com sete filmes e documentários sobre Mulheres na Ciência que podem ser usados como repertórios socioculturais

Repertórios socioculturais são conhecimentos adquiridos por meio de livros, documentários, filmes, séries, matérias, jornais, pesquisas e dados estatísticos. Esses repertórios são usados nas argumentações e contextualizações de redações, em que os participantes utilizam referências para fortalecer suas ideias.

A seguir, confira filmes e documentários sobre o papel das mulheres na ciência para utilizar como repertório sociocultural na sua redação. Além disso, o tema pode ser cobrado em questões interdisciplinares.

Com essas indicações, é possível desenvolver argumentações com temas relacionados aos títulos apresentados abaixo. Assuntos como mulheres na ciência, feminismo e papel da ciência foram usados como repertório sociocultural para argumentação e contextualização da proposta de redação da Fuvest 2020 “O papel da ciência no mundo contemporâneo” e do Enem Reaplicação 2021 “Reconhecimento da Contribuição das Mulheres nas Ciências da Saúde no Brasil”.

ATENÇÃO! ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS

Nas Montanhas dos Gorilas (1988)

Vencendo dois Globos de Ouro e indicado a cinco estatuetas do Oscar, o filme “Nas Montanhas dos Gorilas” conta a história de Dian Fossey. A cientista viajou as áreas montanhosas de Ruanda e se encantou por gorilas. Com isso, passou a estudá-los e defender a causa animal.

O filme pode ser usado em redações com argumentação para temáticas que envolvam a causa animal, feminismo e ciência.

Alexandria (2009)

Considerada a primeira matemática, Hipátia viveu no Egito entre os anos 355 e 415 e foi acusada de bruxaria após se recusar a converter-se ao cristianismo. O filme aborda diversas temáticas, como o protagonismo feminino e a relação entre filosofia e religião.

Assim, temas que envolvem a dignidade humana, impacto da ciência e reconhecimento das mulheres podem utilizar o documentário como referência para a proposta de redação.

Temple Grandin (2010)

O filme “Temple Grandin” conta a história de Temple Grandin, uma mulher autista que se torna uma das principais cientistas de sua área. Atuando com o manuseio de animais em fazendas e abatedouros, a cientista trouxe diversas mudanças para a pecuária.

A produção poderia ser utilizada como argumento ou contextualização de temas que envolvam autismo, mulheres na ciência e reconhecimento das mulheres.

Elas na Ciência (2020)

O documentário “Elas na Ciência”, da plataforma Netflix, mostra a trajetória de três cientistas, Nancy Hopkins, Raychelle Burks e Mahzarin Banaji. Abordando temas relacionados à igualdade de gênero e inclusão na ciência, o documentário apresenta a importância das mulheres na ciência.

Com isso, o documentário pode ser usado como repertório para redações que envolvam temas como igualdade de gênero, inclusão, mulheres na ciência e feminismo.

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

Radioactive (2019)

Contando sobre a vida da cientista Marie Curie, o documentário “Radioactive”, disponível na Netflix, apresenta todos os passos e descobertas da polonesa que impactaram a ciência. Demonstrando sua luta pelo espaço e reconhecimento, a cientista inspira diversas mulheres que buscam ingressar na mesma área.

O documentário pode ser utilizado para argumentação e contextualização em propostas de redação que envolvam impactos na ciência, relações pessoais, feminismo e reconhecimento das mulheres.

Mercury 13 – O Espaço Delas (2018)

O documentário “Mercy 13 – O Espaço Delas”, também da plataforma de streaming Netflix, conta a história das primeiras mulheres astronautas. Em 1959, após questionamentos a respeito da capacidade das mulheres serem enviadas ao espaço passando por teste físicos e psicológicos, a Nasa selecionou treze mulheres para fazerem parte da corrida espacial. 

O documentário pode ser utilizado em redações que abordam temas como luta contra o machismo e reconhecimento das mulheres.

Estrelas Além do Tempo (2016)

O filme “Estrelas Além do Tempo”, baseado em uma história real, conta sobre uma equipe de cientistas da Nasa, composta exclusivamente por mulheres afro-americanas. Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson desempenham um papel decisivo para o avanço dos projetos de pesquisa, tornando-se heroínas da nação.

Temas que envolvem preconceito, racismo e desigualdade das mulheres estão presentes na sociedade atual e podem ser utilizados como repertórios socioculturais.

Estude com o Estratégia Vestibulares

Agora você já sabe como usar filmes e documentários sobre mulheres na ciência na sua redação. Que tal conferir mais novidades? No Estratégia Vestibulares, você tem acesso a cursos e simulados preparatórios que te ajudarão a conquistar a vaga dos seus sonhos.

EV - CTA turma do meio do ano 2024
Você pode gostar também