Como funciona a redação da Unesp?

Como funciona a redação da Unesp?

Veja como funciona a redação da Unesp e dicas para escrevê-la com o professor de Redação do EV, Fernando Andrade

A prova da Universidade Estadual Paulista (Unesp) conta com redação na segunda fase, em que as perguntas são objetivas. A instituição tem como tradição exigir a redação de um texto para que os candidatos desenvolvam suas ideias e argumentos sobre um tema relevante na sociedade.

O texto precisa ser escrito no gênero dissertativo-argumentativo, mas sem que possua uma proposta de intervenção final como no Enem. O artigo, todavia, precisa conter introdução, desenvolvimento e conclusão. Confira mais detalhes e dicas sobre a redação da Unesp, com comentários do professor de Redação e Filosofia do Estratégia Vestibulares, Fernando Andrade, abaixo.

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

O que diz o Manual do Candidato?

O vestibular da Unesp conta com Manual do Candidato, que conta com instruções sobre pontos da redação como tema, estrutura e expressão:

  • Tema: avalia-se, neste critério, se o texto do candidato atende ao tema proposto;
  • Estrutura (gênero/tipo de texto e coerência): consideram-se aqui, conjuntamente, os aspectos referentes ao gênero/tipo de texto proposto e à coerência das ideias;
  • Expressão (coesão e modalidade): consideram-se, neste item, os aspectos referentes à coesão textual e ao domínio da norma-padrão da Língua Portuguesa.

Além disso, é possível avaliar os temas em anos anteriores, e buscar alguns padrões. A redação da Unesp tem como costume nos últimos anos, trazer perguntas em seus assuntos, levantando um debate que pode ter opiniões distintas, desde que bem defendidas.

O tema de 2023, por exemplo, dizia: “A ‘lógica do condomínio’: o espaço público está em declínio?”, tema que pode ter diferentes defesas. A mesma coisa acontece em temas como “Tempo é dinheiro”, de 2021, “Compro, logo existo?”, de 2019 e “O voto deveria ser facultativo no Brasil?”, que foi discutido no vestibular 2018.

O professor de Redação do EV, Fernando Andrade, comentou sobre os temas da Unesp e o que fazer com eles no início do artigo que será desenvolvido. “Reproduza a máscara temática na sua tese e introdução. Os temas da Unesp são explícitos e claros e você deve mostrar para o corretor que compreendeu a questão. Para isso, grife as palavras-chave da proposta e use-as na sua tese e no parágrafo de introdução”.

A redação da Unesp precisa de título?

O edital afirma que “em hipótese alguma o título da redação será considerado na avaliação do texto. Ainda que o título contenha elementos relacionados à abordagem temática, a nota do critério que avalia o tema só será atribuída a partir do que estiver escrito no corpo do texto”. Isso significa que colocar um título ou não é indiferente para a banca de avaliação da prova.

Quanto vale a redação da Unesp?

A segunda fase da Unesp tem o total de 100 pontos, e a redação representa 28 pontos dessa pontuação. A importância, portanto, representa 28% da nota, mais do que um quarto dela.

Coletânea de textos base

Para discutir o tema, a Unesp disponibiliza textos que abordam o assunto central e, historicamente, trazem formatos diversos como matérias, crônicas, poemas, tirinhas, teses acadêmicas, textos literários e trechos de canções, por exemplo.

O professor Fernando explica como usar os textos base. “ Leia com atenção a coletânea, ela é fonte de núcleos argumentativos.  A Unesp escolhe temas conhecidos pelos alunos e, muitas vezes, apresenta, na própria coletânea, argumentos pró e contra a polêmica. Você pode e deve utilizá-los, normalmente a banca escolhe os argumentos mais fortes utilizados na discussão sobre o assunto”.

Além disso, ele explica que o candidato deve ampliar a ideia que será defendida através de exemplos, conceitos, fatos ou descrição do processo sugerido, mas há a ressalva de que não se deve copiar trecho algum da coletânea.

Estrutura do texto e diferenças entre modelos de redação

Fernando Andrade explica o que ele considera ser o caminho ideal na construção da introdução da redação da Unesp, ressaltando a importância do tópico frasal, primeira frase do parágrafo de argumentação.

“Use o tópico frasal a seu favor, ele dá clareza à leitura e direcionamento para quem escreve. Ao pensar em como provar seu posicionamento, você deve ter pensado em dois núcleos de argumentação. Transforme-os em duas frases resumidas que devem estar no início de cada parágrafo de argumentação”.

Além disso, há diferenças entre o modelo de redação solicitado pela Unesp em comparação ao Enem. Fernando explica que o uso de citações sem função argumentativa, comum no Exame Nacional do Ensino Médio, é desestimulado pela banca examinadora da Unesp. Cabe a ressalva de que o manual aponta que “serão anuladas as redações em que seja identificada predominância de reprodução de modelos prontos de redação”.

+ Qual é a diferença entre as redações da Fuvest, Unesp e Unicamp?

Revisão e finalização do texto

Por não solicitar uma proposta de intervenção, a redação da Unesp deve ter um final que discuta as ideias apresentadas pelo candidato, com uma opinião e ponto de vista claro, mas sem uma sugestão sobre como resolver o problema.

Fernando também ressalta a importância de reler o texto e de usar a folha de rascunho. “Faça revisão ao término da escrita. No calor da produção textual, muitas vezes não percebemos erros como concordância, uso da vírgula, queísmo e outras coisinhas que podem prejudicar sua nota. Você se conhece. Sabe onde costuma errar. Procure com atenção no seu texto seus velhos erros que insistem em acompanhar sua escrita”.

Como estudar para passar na Unesp 2024?

A Unesp possui um dos vestibulares mais concorridos do Brasil. Ou seja, para garantir a aprovação é necessário focar nos estudos e apostar em um material de qualidade. Para te ajudar, o Estratégia Vestibulares oferece diariamente aulas gratuitas no YouTube sobre todas as matérias que caem no Vestibular!

Além disso, para aqueles que querem investir nos estudos, a plataforma também oferece um curso preparatório exclusivo sobre a Unesp 2024, com professores especialistas na prova e com diversos benefícios. Dá só uma olhada: 

  • Curso com livros digitais;
  • Correção ilimitada de redações;
  • Fórum de dúvidas;
  • Simulados com questões inéditas;
  • Questões comentadas;
  • Mapas mentais; e
  • Entre muitas outras vantagens.
CTA Curso para Vestibular Unesp
Você pode gostar também
Leia mais

Tendências da redação do Enem

Conversamos com o professor Wagner Santos sobre a redação e separamos dicas incríveis para quem quer escrever um texto nota 1000