Qual é a diferença entre as redações da Fuvest, Unesp e Unicamp?

Qual é a diferença entre as redações da Fuvest, Unesp e Unicamp?

Com temas diferentes a cada ano, as propostas textuais também apresentam diferenças nos gêneros e nos pesos na nota final

Neste mês de dezembro, as três universidades estaduais paulistas aplicarão as provas da 2ª fase do vestibular 2024. É nesta etapa que os candidatos classificados farão a prova de redação, e por isso o Portal Estratégia Vestibulares foi descobrir qual é a diferença entre as redações da USP, Unesp e Unicamp. Confira:

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

Como é a redação da Fuvest?

O tipo de redação exigido pela USP, banca responsável pelo vestibular da USP, é do gênero textual dissertativo-argumentativo. Todos os anos, a prova oferece um tema diferente para que os candidatos realizem a produção textual em Língua Portuguesa e em até 30 linhas.

Sobre o gênero textual escolhido pela banca, o professor Fernando Andrade, que dá aulas de Redação para os alunos do Estratégia Vestibulares, comenta “Uma boa dissertação é aquela que se pauta pela racionalidade, pela razão, dando motivos. Uma redação boa é [como se o autor falasse] ‘eu faço você mudar de opinião te dando motivos’”.

Segundo o Guia de Provas da Fuvest, na redação o candidato precisa demonstrar:

  • Capacidade de mobilizar conhecimentos e opiniões;
  • Argumentar de forma coerente e pertinente;
  • Articular eficientemente as partes do texto e expressar-se de modo claro, correto e adequado.

O documento ainda aponta que as redações serão avaliadas sob três critérios:

  • Desenvolvimento do tema e organização do texto dissertativo-argumentativo;
  • Coerência dos argumentos e articulação das partes do texto; e
  • Correção gramatical e adequação vocabular.

O que pode zerar a redação da Fuvest?

Uma redação receberá nota zero no vestibular da USP em três casos:

  • Se estiver em branco;
  • Caso fuja do tema proposto;
  • Caso não seja um texto dissertativo-argumentativo.

A banca também sinaliza que textos com extensão abaixo do limite estabelecido nas instruções ou que apresentarem elementos verbais ou visuais não relacionados ao tema poderão receber a nota zero.

A redação da Fuvest precisa de título?

Sim! A Fuvest é uma banca que exige título para o texto dissertativo. Sua ausência implica na perda de pontos, mas não zera a redação.


Últimos temas de redação da Fuvest

Confira os temas escolhidos pela banca nos últimos cinco anos:

  • Vestibular 2022: As diferentes faces do riso
  • Vestibular 2021: O mundo contemporâneo está fora de ordem?
  • Vestibular 2020: O papel da ciência no mundo contemporâneo
  • Vestibular 2019: A importância do passado para a compreensão do presente
  • Vestibular 2018: Devem existir limites para a arte?

Como é a redação da Unesp?

Assim como na USP, a redação da Unesp precisa ser escrita seguindo o gênero dissertativo-argumentativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão, mas sem a necessidade de uma proposta de intervenção final. Os candidatos deverão discorrer sobre o tema proposto pela banca em um texto de 25 a 30 linhas, obrigatoriamente escrito em Língua Portuguesa. 

Confira os pontos considerados pelos corretores na hora de avaliar a redação da Unesp, segundo seu Manual do Candidato:

  • Tema: avalia-se, neste critério, se o texto do candidato atende ao tema proposto;
  • Estrutura (gênero/tipo de texto e coerência): consideram-se aqui, conjuntamente, os aspectos referentes ao gênero/tipo de texto proposto e à coerência das ideias;
  • Expressão (coesão e modalidade): consideram-se, neste item, os aspectos referentes à coesão textual e ao domínio da norma-padrão da Língua Portuguesa.

O que pode zerar a redação da Unesp?

A Vunesp, banca examinadora responsável pelo vestibular da Unesp, atribuirá nota zero às redações que:

  • Fujam ao tema e/ou gênero propostos;
  • Apresentem nome, rubrica, assinatura, sinal, iniciais ou marcas que permitam a identificação do candidato;
  • Estejam em branco;
  • Apresentem textos sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e/ou palavras soltas);
  • Seja escrita em outra língua que não a portuguesa;
  • Apresente letra ilegível e/ou incompreensível;
  • Apresente o texto definitivo fora do espaço reservado para tal;
  • Apresente sete linhas ou menos (sem contar o título);
  • Tenha menos de oito linhas autorais (não copiadas da prova, dos textos de apoio, de modelos prontos de redação ou de outras fontes) contínuas e/ ou for composta predominantemente por cópia de trechos da coletânea ou de quaisquer outras partes
  • da prova e/ou por reproduções (plágio) de textos divulgados em mídias digitais (sobretudo internet) ou impressas;
  • Seja idêntica ou muito semelhante a outra(s) redação(ões) deste processo seletivo ou de outro(s);
  • Apresente formas propositais de anulação, como impropérios, trechos jocosos ou a recusa explícita em cumprir o tema proposto.

Últimos temas de redação da Unesp

A seguir, confira os temas propostos na redação da Unesp nos últimos cinco processos seletivos:

  • Vestibular 2023: A “lógica do condomínio”: o espaço público está em declínio?
  • Vestibular 2022: “Tudo bem não estar bem”?: A tristeza em tempos de felicidade compulsória 
  • Vestibular 2021: Tempo é dinheiro?
  • Vestibular 2020: O carro será o novo cigarro?
  • Vestibular 2019: Compro, logo existo?
  • Vestibular 2018: O voto deveria ser facultativo no Brasil.

O professor Fernando aponta que, como não exige proposta de intervenção, a redação da Unesp busca fazer o candidato responder a pergunta título e defender essa resposta “80% dos temas da Unesp são nesse formato que você responde ‘sim’ ou ‘não’”, explica.

Como é a redação da Unicamp?

Diferente de suas vizinhas de estado, a Unicamp não exige de seus candidatos uma redação dissertativa. Todos os anos, a banca revela apenas na hora da prova dois gêneros textuais e dois temas diferentes, para que os participantes optem por uma temática e um tipo de texto para realizar sua produção.

“Quando falamos de gênero, falamos de uma produção de texto que tem uma combinação de sequência discursiva, de sequências de trechos que você tem que dominar. É diferente da dissertação, porque ela usa a mesma sequência discursiva do começo ao fim”, comenta Fernando.

Entenda os tópicos seguidos pela banca na hora da correção da redação:

  • Tema: os candidatos devem cumprir a(s) tarefa(s) que está(ão) sendo solicitada(s), observando o recorte temático e as instruções do enunciado; 
  • Gênero: o texto elaborado deve ser representativo do gênero solicitado tendo em vista a situação de produção e os interlocutores nela implicados;
  • Leitura: é esperado que os candidatos façam uma leitura crítica do(s) texto(s) fornecido(s) na proposta e saibam mobilizá-lo(s) em função do seu projeto de escrita, e não simplesmente reproduzir o(s) texto(s) ou partes dele(s) em forma de colagem;
  • Articulação escrita: os textos produzidos pelos candidatos devem propiciar uma leitura fluida e envolvente, apresentar uma articulação sintático-semântica ancorada no emprego adequado de elementos coesivos e de outros recursos necessários à organização e clareza dos enunciados. Os candidatos também devem demonstrar competência na seleção lexical apropriada ao estilo dos gêneros solicitados e no emprego de regras gramaticais e ortográficas que atendem ao registro de linguagem esperado no gênero levando-se em consideração a situação de produção da proposta.

O que pode zerar a redação da Unicamp?

Confira os critérios que os corretores irão considerar para atribuir a nota zero a uma redação:

  • Fuga do tema;
  • Cópia integral dos textos de apoio;
  • Desenvolvimento de um gênero diferente do que foi exigido no enunciado.


Últimos temas de redação da Unicamp

Veja a lista com as duplas de temas disponíveis nos últimos cinco anos:

  • Vestibular 2023: Temas: Violência por arma de fogo e racismo escolar | Gêneros: convocação e depoimento
  • Vestibular 2022: Temas: Corte de verbas na ciência e tecnologia e a superexposição de crianças e adolescentes na internet | Gêneros: post “textão” e manifesto
  • Vestibular 2021: Temas: Retirada de estátuas e pandemia da Covid-19 | Gêneros: discurso político e um diário
  • Vestibular 2020: Temas: Biodiversidade e micromachismo | Gêneros: texto para podcast e crônica
  • Vestibular 2019: Temas: Doutrinação ideológica em sala de aula e IDH e o crescimento do PIB como indicadores de desenvolvimento | Gêneros: abaixo assinado e postagem
  • Vestibular 2018: Temas: Pós-verdade e liberdade de expressão | Gênero: palestra e artigo

Leia também:
+ Confira os temas de redação da Unicamp dos anos anteriores

Diferenças e semelhanças entre as redações da USP, Unesp e Unicamp

UniversidadeAplicaçãoGênero textualPeso na nota final
USP1º dia da 2ª faseDissertativo-argumentativoAté 50 de 100 pontos
Unesp2º dia da 2ª  faseDissertativo-argumentativoAté 28 de 100 pontos
Unicamp1º dia da 2ª faseDois gêneros diferentes, revelados na provaAté 12 de 132 pontos

Calendário Fuvest 2024

  • Pedidos de isenção/redução da taxa: 15/05 a 14/07/2023;
  • Divulgação do edital:  09/08/2023;
  • Inscrições: 17/08 a 10/10/2023 (prazo foi prorrogado, a data anterior era 06/10);
  • Divulgação dos locais de prova da 1ª fase: 03/11/2023;
  • 1ª fase da Fuvest: 19/11/2023;
  • Divulgação de aprovados na 1ª fase da Fuvest: 01/12/2023;
  • Divulgação dos locais de prova da 2ª fase da Fuvest: 01/12/2023;
  • 2ª fase da Fuvest: 17 e 18/12/2023;
  • Provas de habilidades específicas: 03 a 06/01/2023;
  • Divulgação do resultado: 22/01/2023.

Calendário Vestibular Unesp 2024

  • Divulgação do edital: 25/08/2023;
  • Divulgação do Manual do Candidato: 28/08/2023;
  • Solicitação de redução ou isenção da taxa de inscrição: 28/08 a 03/09/2023;
  • Inscrições Unesp 2024: 04/09 a 09/10/2023;
  • Pagamento da taxa de inscrição: até 10/10/2023;
  • Locais de prova: a partir de 06/11/2023;
  • 1ª Fase Unesp 2024: 15/11/2023;
  • Locais de prova (segunda fase): 04/12/2023;
  • 2ª Fase Unesp 2024: 10 e 11/12/2023;
  • Provas de habilidades específicas
    • Locais de exame: 04/12/2023;
    • Atividades on-line (upload de arquivos IA São Paulo): não foi divulgado;
    • Provas presenciais (IA São Paulo): 12 a 16/12 e 19 a 21/12/2023;
    • Provas presenciais (FAAC Bauru): 15/12/2023;
  • Divulgação do resultado da Unesp 2024: 31/01/2024;
  • Matrícula não-presencial da 1ª chamada: 01 a 05/02/2024.

Calendário Unicamp 2024

  • Publicação do edital: 24/07/2023;
  • Pedidos de isenção da taxa: 15/05 a 05/06/2023;
  • Resultado dos pedidos de isenção: 28/07/2023;
  • Pedidos de redução da taxa: 02 a 04/08/2023;
  • Inscrições: 31/07 a 31/08/2023;
  • Locais de prova: 17/10/2023;
  • Prova da 1ª fase: 29/10/2023;
  • Provas da 2ª fase: 03 e 04/12/2023;
  • Provas de habilidades específicas: 07 e 09/12/2023;
  • Resultado: 29/01/2024;
  • Matrícula: 30/01 e 31/01/2024.

Como ser aprovado nas estaduais paulistas?

Para te ajudar, o Estratégia Vestibulares oferece diariamente aulas gratuitas no YouTube sobre todas as matérias que caem nos vestibulares da USP, Unesp e Unicamp.

Além disso, para aqueles que querem investir nos estudos, a plataforma também oferece um curso preparatório exclusivo sobre o as Gigantes Paulistas, com professores especialistas na prova e com diversos benefícios. Dá só uma olhada: 

  • Curso com livros digitais;
  • Correção ilimitada de redações;
  • Fórum de dúvidas;
  • Simulados com questões inéditas;
  • Questões comentadas;
  • Mapas mentais; e
  • Entre muitas outras vantagens.

Ficou interessado? Então, clique no banner e veja tudo sobre os cursos oferecidos pelo Estratégia Vestibulares!

Cursos de Redação Estratégia Vestibulares
Você pode gostar também
redação a fazenda
Leia mais

A Fazenda: como usar na redação?

O Estratégia Vestibulares preparou este artigo com com acontecimento do reality show "A Fazenda" que podem ser usados como repertórios socioculturais na sua redação