À vista, a vista ou avista: qual é a diferença?

À vista, a vista ou avista: qual é a diferença?

Confira em quais casos se usa cada um dos termos: à vista, a vista e avista, além de exemplos práticos e outras dicas!

Dúvida comum na grafia, à vista, a vista e avista são pronunciadas da mesma forma, e o que muda a sua escrita é o contexto de acordo com cada caso. Acompanhe as diferenças entre os três casos e como usá-los da forma correta.

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

Avista, a vista e à vista: entenda as diferenças

Quando falamos em à vista, com crase, falamos sobre algo que está aparente aos nossos olhos, ou método de pagamento de algo. Já quando é usado a vista, separado e sem crase, a frase deve se referir a um cenário ou mesmo ao olho em si, algo comum no interior do país, por exemplo. 

Por fim, avista, tudo junto, é referente ao verbo avistar, que pode ser flexionado de duas formas. Ou seja, todas as formas são válidas. Veja, abaixo, as especificações de cada termo e exemplos.

Avista: entenda o uso do verbo

Quando junto, o termo avista vem do verbo avistar, em duas formas flexionadas de sua conjugação: imperativo, na segunda pessoa do singular e presente do indicativo, na terceira pessoa do singular. Indica, portanto, um pedido ou ordem para que algo seja avistado por uma terceira pessoa ou que alguém conseguiu avistar algo.

  • Avista logo esse alvo, meu amigo!;
  • Acostumada com o interior, a moça avista o mar pela primeira vez e chora;
  • Toda a embarcação de Pedro Álvarez Cabral avista o continente em êxtase; e
  • Avista o nome do ônibus antes de dar o sinal!

À vista: quando usar a crase

O uso da crase em à vista, indica que algo está visível, à mostra, ou seja, podemos enxergar o objeto apontado. O outro uso em que a crase é necessária indica quando falamos em método de pagamento, no sentido figurado de que o dinheiro será mostrado em sua totalidade no ato da compra.

  • Irei pagar à vista mesmo;
  • Terra à vista!;
  • Como o preço está alto e não há desconto, não compensa pagar à vista; e
  • À vista de todo o estádio, o homem invadiu o gramado.

A vista: compreenda melhor seus usos

A expressão a vista é a junção do artigo “a” com o substantivo feminino “vista”, que basicamente fala sobre uma paisagem ou algo que está, será ou foi visto, podendo, portanto, remeter ao passado, presente ou futuro. Pode ser usado também na forma coloquial, se referindo aos olhos.

  • A vista do Cristo Redentor é impecável;
  • Olha a vista daquela janela!;
  • Tenho um problema com a vista, mas ainda não sei o que é; e
  • Essa é a vista para o mar que lhe falei.

Mais dicas de estudos

Saiba como o Estratégia Vestibulares pode te ajudar

Com materiais exclusivos e ótimos professores, o Estratégia Vestibulares possui também um Banco de Questões com mais de 160 mil perguntas, fórum de dúvidas ativo, salas VIP, mentorias personalizadas, videoaulas, simulados gratuitos e muito mais! Confira e seja um Coruja hoje mesmo!

Você pode gostar também