Tipos de células: eucariontes, procariontes e diferenças

Tipos de células: eucariontes, procariontes e diferenças

Os seres vivos são compostos por diversos elementos, que juntos formam o organismo. Os diferentes tipos de células, por exemplo, interagem para que o funcionamento do corpo seja adequado ao metabolismo e à sobrevivência. 

Essa relação, a nível celular, é muito abordada em exercícios de vestibulares, que buscam captar o entendimento do aluno sobre a importância dos processos microscópicos para o funcionamento da vida. 

Para te ajudar nessa compreensão, a Coruja preparou um resumo com os principais tipos de células classificadas na biologia, além de demarcar as diferenças entre elas. Ao final, treine seu conhecimento com questões sobre o assunto. Vamos nessa?

O que é célula?

Antes de entender quais são os tipos de células, é importante ter em mente qual a definição de célula. Esse termo engloba a ideia de menor unidade morfofuncional biológica de um ser vivo: o ambiente em que ocorrem as reações e interações químicas que possibilitam a manutenção do organismo.

Em uma célula, é possível encontrar informações genéticas (como DNA e/ou RNA) e organelas que participam do metabolismo celular. Conjuntamente, esses componentes atuam na função da célula em se reproduzir, dividir e transmitir informações hereditariamente.

Todos esses processos ocorrem dentro dos compartimentos celulares. O principal deles é chamado de citoplasma e contém uma matriz gelatinosa chamada de citosol, que é formada por água, íons, aminoácidos e outros nutrientes. É nessa parte que acontecem a maioria das reações químicas necessárias para a manutenção da vida celular. 

O citoplasma é delimitado pela membrana plasmática, que é uma camada dupla de fosfolipídios que permite a separação entre o meio intracelular e o extracelular. Além disso, a maneira como ela se comporta possibilita o trânsito ou o bloqueio de substâncias entre os dois ambientes, conforme a necessidade do contexto.

É relevante citar também que todas as células possuem ribossomos em sua estrutura, essas são organelas responsáveis pela construção de proteínas, por isso é importante que estejam presentes nos diversos tipos de seres vivos.

Quais são os tipos de célula?

Apesar de suas características gerais serem semelhantes, podem ser definidos dois principais tipos de células: as células procariontes e as células eucariontes. Cada uma delas possuem atributos específicos, que você pode conhecer nos tópicos seguintes. 

Tipos de células: procariontes

As células procariontes são aquelas que não possuem um núcleo verdadeiro e envoltório nuclear, por isso o material nucleico está mais disperso no citoplasma. Da mesma forma, nenhuma organela membranosa (como complexo de golgi e retículo endoplasmático) está presente nesse tipo celular.

Os representantes mais citados de células procariontes são, principalmente, as bactérias e cianobactérias. Geralmente, as informações genéticas estão armazenadas em um único cromossomo circular e, às vezes, podem ser encontrados pequenos cromossomos extras, denominados plasmídeos.

Os procariotos são organismos unicelulares, que possuem algumas estruturas específicas e importantes para seu desenvolvimento. Por exemplo, o fato de serem flagelados favorece o deslocamento desses seres.

Sua cápsula e a parede celular servem para o revestimento externo e manutenção da forma do procarionte. Além do mais, o pilus, componente que lembra o formato de pêlos, ajuda na fixação da bactéria ao meio externo.

Veja também: Sistema Imunitário — anticorpos, vacina, soros e mais

Tipos de células: eucariontes

As células do tipo eucariontes possuem organização mais complexa e rebuscada. A começar pelo maior número de organelas, uma vez que aceitam estruturas membranosas em seu interior.

Diferentemente dos procariontes, os eucariotos podem apresentar numerosos cromossomos, em moléculas de DNA com dupla hélice: a espécie humana, por exemplo, possui 23 pares de cromossomos no total. 

As informações genéticas estão abrigadas no núcleo celular, que é delimitado por um envoltório nuclear de dupla membrana. Essa compartimentalização é importante para a proteção dos conteúdos genéticos. Uma vez que, alterações moleculares em uma cadeia de DNA ou RNA podem ser responsáveis pelo desenvolvimento de patologias e processos não fisiológicos. 

Grande parte dos organismos biológicos possuem células eucarióticas: fungos, vegetais, animais e protozoários. Cada um desses grupos possuem alterações específicas em sua organização celular, o que permite diferentes respostas ao mesmo estímulo.

Talvez você esteja se perguntando: “e os vírus, possuem quais tipos de células?” A verdade é que os vírus são considerados seres acelulares pela comunidade científica. Essa é a principal justificativa para o seu parasitismo obrigatório: por não possuírem maquinaria própria, precisam de outra célula para continuar seu ciclo de vida.

Diferenças entre os tipos de células

Agora que você já obteve um panorama geral dos tipos de células, veja a tabela abaixo que resume as principais diferenças entre os eucariontes e os procariontes:

PROCARIONTESEUCARIONTES
Sem núcleo organizadoCom núcleo organizado
Cromossomo circular Cromossomos em duplas hélice
Sem envoltório nuclearCom envoltório nuclear
Sem organelas membranosasCom organelas membranosas

É importante relembrar que as organelas membranosas são: os retículos endoplasmáticos (liso e rugoso), os complexos golgienses, os lisossomos, os peroxissomos, os vacúolos, os plastos, as mitocôndrias e os glioxissomos. Já as organelas não membranosas são os centríolos e os ribossomos.

Questão de tipos de células

Para entender como esse conteúdo aparece nos vestibulares, veja o exercício abaixo que apareceu na prova da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), em 2002. 

A ‘Escherichia coli’ é um organismo procarionte. Isto significa que esta bactéria

a) é parasita obrigatório.
b) não apresenta ribossomos.
c) não apresenta núcleo organizado.
d) não apresenta DNA como material genético.
e) nunca apresenta parede celular (esquelética).

Conforme aprendido no decorrer deste resumo, os organismos que possuem células procariontes possuem ribossomos, núcleo desorganizado e não delimitado por envoltório, material genético por DNA ou RNA e podem sobreviver sozinhos na natureza. Tais afirmações apontam que a única alternativa correta é a letra C.

Assista uma aula grátis de biologia celular e tipos de células 

Que entender mais sobre a biologia celular, os tipos de células, os processos intracelulares e a função da membrana plasmática? Assista a aula abaixo, preparada de maneira didática e objetiva para fundamentar seu conhecimento e te ajudar no estudo pré-vestibular.

Precisa treinar mais seu conhecimento e entender melhor como os tipos de células podem aparecer no Enem e vestibulares? Conheça o banco de questões do Estratégia, nele você encontra milhares de questões sobre biologia e outras disciplinas: todas resolvidas e selecionadas para te impulsionar nos estudos. Clique no banner abaixo e confira!

EV - CTA Campanha Volta às Aulas - Último Lote

Veja também:

Você pode gostar também