Como usar a nota do Enem?

Como usar a nota do Enem?

Com a nota do Enem é possível ingressar em universidades públicas, privadas e até estrangeiras! Veja todas as possibilidades abaixo

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é hoje a prova mais importante para estudantes que desejam acessar instituições de ensino superior, sejam públicas ou privadas. Mas, você sabe como usar a nota do Enem? Conhece as possibilidades que a nota do exame te oferece?

Por meio do Enem, programas do governo permitem a entrada em universidades de todo o país. Além disso, existem outras possibilidades, como buscar instituições fora do país, aumentar a nota em faculdades públicas ou até mesmo conseguir descontos e bolsas para o ensino superior.

📢 Saiba mais
> Gabarito Enem 2023: correção do 1º dia de prova
> Tema de redação Enem 2023: invisibilidade do trabalho de cuidados realizados pela mulher no Brasil

Quer saber mais opções e detalhes sobre como usar a nota do Enem? Acompanhe o artigo abaixo que preparamos especialmente para você!

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

Sisu

Um dos três programas de incentivo e acesso às universidades desenvolvido pelo governo federal é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Por meio dele, é possível utilizar a nota do Enem para ingresso em instituições públicas de todo o país.

O processo de seleção acontece duas vezes por ano e tem algumas exigências como ter feito a última edição do Enem e não ter zerado na redação do exame. Não há necessidade de comprovação de renda nesse programa, além de permitir a entrada de pessoas que já possuem graduação.

Confira o edital Sisu 2024 na íntegra!

Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado para facilitar o ingresso de alunos de baixa renda ao ensino superior. A partir dele, são oferecidas bolsas em instituições privadas: parciais, de 50% do valor, e integrais, com a totalidade do valor das mensalidades isentas para estudantes cadastrados.

Dentre as exigências estão ter nota igual ou superior a 450 pontos em todas as áreas do conhecimento, não ter zerado a redação, ter realizado o Ensino Médio de forma integral em escolas públicas ou como bolsista em escolas particulares, além de ter que comprovar a renda seguindo os critérios do edital.

Fies

A terceira opção dentre os programas governamentais é o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ele permite, como o nome diz, que o estudante financie sua graduação em instituições privadas.

A participação no programa é permitida para estudantes que prestaram o Enem a partir de 2010, além de ter obtido nota maior ou igual a 450 pontos e não ter zerado a redação. A renda familiar também é uma das exigências. 

As diferenças entre o Fies e o P-Fies são: no P-Fies existem taxas e juros nas parcelas, enquanto no Fies o aluno tem 0% de taxas. Além disso, o P-Fies permite o ingresso de estudantes com renda de até cinco salários mínimos na sua família, enquanto no Fies o valor teto é de três.

Sisutec

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) foi criado para que os estudantes possam acessar com mais facilidade o ensino técnico, nas instituições públicas e privadas que oferecem esse tipo de curso.

O processo seletivo do Sisutec se assemelha ao Sisu, com vagas de todo o país em um processo gratuito e on-line. A participação do estudante tem algumas exigências como ter feito o último Enem e ter concluído o Ensino Médio.

A nota do Enem pode ser usada em universidades portuguesas

Você sabia que, atualmente, mais de 50 universidades portuguesas aceitam o Enem como um dos ingressos para estudantes brasileiros? Chamado de Enem Portugal, o acordo foi firmado entre as universidades lusitanas e o Inep.

Dentre as exigências para ingressar em uma universidade portuguesa pelo Enem, está ter concluído o Ensino Médio, ter a média da nota necessária para a vaga e não ter nacionalidade portuguesa ou de qualquer outro membro da União Europeia.

Ingressar em universidades além de Brasil e Portugal

Diversos países ao redor do mundo permitem a utilização dos resultados do Enem para ingresso em algumas de suas universidades. Dentre eles, citamos: Canadá, Estados Unidos, França, Irlanda e Reino Unido. É preciso conhecer as especificidades de cada país e instituição para concorrer às vagas.

Em todos os países é necessário ter concluído o Ensino Médio e muitos têm exigência de proficiência na língua local, além de passaporte. Em alguns casos, é necessário também ter toda a documentação traduzida.

Usar a nota do Enem para bolsas de estudos

Além do já citado Prouni, muitas instituições privadas brasileiras trabalham com a nota do Enem em seus próprios programas de bolsas de estudos. Os benefícios podem ser menos burocráticos e mais fáceis de serem conquistados dessa forma, mas cada universidade tem seu método de avaliação.

As bolsas de estudo são oportunidades para quem quer pagar menos nas universidades privadas mesmo não atendendo aos critérios do Prouni. Por isso, vale ficar de olho no que essas instituições oferecem.

Substituir vestibulares pelo Enem

Algumas dessas instituições de ensino superior privadas também substituem seu vestibular pela nota do Enem. A nota do exame, portanto, serve como parâmetro para conquistar a tão sonhada vaga em uma graduação.

Aumentar a nota em vestibulares de universidades públicas

Outra possibilidade que o Enem pode proporcionar é o acréscimo de nota em alguns vestibulares de instituições públicas espalhadas pelo Brasil.

Cada universidade escolhe a forma que deseja — ou até mesmo se quer ou não — inserir a nota do exame, incluindo o cálculo feito para obter o valor final. Vale a pena conferir no edital do vestibular que deseja prestar se há algum tipo de vantagem para quem apresenta e inclui a pontuação do Enem.

O que não pode mais fazer com a nota do Enem?

Se você sentiu falta da substituição do diploma de conclusão do Ensino Médio pela nota do Enem, saiba que não é mais possível essa opção desde 2017. Até 2016 havia essa possibilidade, mas agora o teste do Encceja é o necessário para validar o diploma.

Como estudar para o Enem?

E aí, já sabe como usar a nota do Enem? Pois agora deixa conosco! O Estratégia Vestibulares oferece diariamente aulas gratuitas no YouTube sobre todas as matérias que caem no Enem e em diversos vestibulares.

Além disso, a plataforma também oferece um curso preparatório exclusivo sobre o Enem 2023, com professores especialistas na prova, conteúdo desenvolvido para o edital do exame e com diversos benefícios. Dá só uma olhada: 

  • Curso com livros digitais;
  • Correção ilimitada de redações;
  • Fórum de dúvidas;
  • Simulados com questões inéditas;
  • Questões comentadas;
  • Mapas mentais; e
  • Entre muitas outras vantagens.

Ficou interessado? Então, clique no botão abaixo e veja tudo sobre os cursos oferecidos pelo Estratégia Vestibulares!

EV - CTA - Turma do Meio do Ano - Ultimo Lote 2024

Veja também:

Você pode gostar também
o que mais cai espanhol enem
Leia mais

O que mais cai de Espanhol no Enem?

Saiba em quais conteúdos focar seus estudos e revisões de Espanhol durante os últimos dias de preparação para a prova