Quais são as 5 competências da redação do Enem?
Foto: Divulgação

Quais são as 5 competências da redação do Enem?

Você sabia que a redação do Enem é avaliada por cinco competências? O Estratégia Vestibulares preparou esse artigo com as principais informações!

Você sabia que a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é avaliada por meio de cinco competências? Esses critérios têm como objetivo tornar a avaliação da redação padronizada para todos os concorrentes.
Por isso, o Estratégia Vestibulares preparou este artigo com as principais informações de cada uma das competências utilizadas pelos corretores de redação do Enem!

Veja também:
+ Tema de redação Enem 2022: “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”

1 – Domínio da escrita formal da Língua Portuguesa

Nesta primeira competência, o candidato deve escrever dentro da norma culta da Língua Portuguesa, ou seja, é avaliado se a redação do participante está de acordo com as regras de ortografia, como acentuação, uso do hífen, concordância verbal e nominal, regência verbal e nominal, pronomes, pontuação e crase.

A seguir, confira os seis níveis de desempenho da competência 1:

200 pontosDemonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizarem reincidência.
160 pontosDemonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções de escrita.
120 pontosDemonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.
80 pontosDemonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
40 pontosDemonstra domínio precário da modalidade escrita formal da língua portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
0 pontoDemonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
Fonte: Ministério da Educação (MEC)

+ Competência 1 da redação do Enem

Inscreva-se em nossa newsletter🦉

Receba dicas de estudo gratuitas e saiba em primeira mão as novidades sobre o Enem, Sisu, Encceja, Fuvest e outros vestibulares!

2 – Compreender o tema e não fugir da proposta daredação do Enem

Essa competência avalia a capacidade do candidato de compreender a proposta, redigir o texto dentro da estrutura dissertativa e utilizar repertórios socioculturais. Dessa maneira, esse critério avalia as habilidades de leitura e escrita do participante, além da organização e delimitação de um assunto mais extenso.

Para organizar o texto na estrutura dissertativa argumentativa, o candidato deve usar a seguinte estrutura: 

  • Introdução;
  • Desenvolvimento; e 
  • Conclusão. 

Além disso, essa é a hora de demonstrar seus conhecimentos por meio dos repertórios socioculturais desenvolvidos durante os seus anos de estudo, que podem ser por frases, citações de pensadores, filmes, séries, livros e tudo que for associado ao tema proposto, para assim ser considerado válido e produtivo.

Os seis níveis de desempenho da competência 2 são:

200 pontosDesenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.
160 pontosDesenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto argumentativo-dissertativo, com proposição, argumentação e conclusão
120 pontosDesenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão
80 pontosDesenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos de textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão.
40 pontosApresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais.
0 pontoFuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa. Nestes casos a redação recebe nota zero e é anulada.
Fonte: Ministério da Educação (MEC)

+ Competência 2 da redação do Enem

3 – Organização das ideias

O candidato deve escrever um texto dissertativo-argumentativo que apresenta clareza em suas ideias e argumentos, justificando sua posição em relação ao tema proposto. Desse modo, essa competência avalia a coerência e a plausibilidade entre as ideias apresentadas no texto, além da organização das ideias.

Além disso, essa competência também avalia sua argumentação, ao passo que o candidato deve apresentar seu ponto de vista de forma clara e convincente. Seguindo a estrutura do texto dissertativo-argumentativo e utilizando repertórios culturais para esta argumentação, o participante conseguirá escrever um bom desenvolvimento para a redação.

Abaixo estão os seis níveis de desempenho da competência 3:

200 pontosApresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.
160 pontosApresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista.
120 pontosApresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista.
80 pontosApresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista.
40 pontosApresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista.
0 pontoApresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista.
Fonte: Ministério da Educação (MEC)

+ Competência 3 da redação do Enem

4 – Coesão e coerência na redação do enem

Analisando a articulação do seu texto, a quarta competência avalia o candidato a respeito da organização textual, em que os parágrafos e frases devem estar conectadas entre si, garantindo uma sequência coerente e interdependência na redação.

Para atingir a pontuação máxima, não se esqueça de usar conectivos para ligar uma oração à outra. Por isso, utilize preposições, conjunções, advérbios e locuções adverbiais, que estabelecem inter-relação entre as frases e parágrafos.

Confira a seguir os seis níveis de desempenho da competência 4:

200 pontosArticula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
160 pontosArticula as partes do texto, com poucas inadequações, e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
120 pontosArticula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações, e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.
80 pontosArticula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos.
40 pontosArticula as partes do texto de forma precária.
0 pontoNão articula informações.
Fonte: Ministério da Educação (MEC)

+ Competência 4 da redação do Enem

5 – Proposta de Intervenção

Na última competência, o candidato deve escrever uma proposta de intervenção para a temática, ou seja, apontar uma iniciativa para enfrentar o problema proposto. Para a proposta de intervenção ser considerada completa, é preciso ter cinco elementos, sendo eles: agente, ação, meio, finalidade e detalhamento, além de estar de acordo com os direitos humanos.

Os seis níveis de desempenho da Competência 5 são os seguintes:

200 pontosElabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
160 pontosElabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
120 pontosElabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada com a discussão desenvolvida no texto.
80 pontosElabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
40 pontosApresente proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto. 
0 pontoNão apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto.
Fonte: Ministério da Educação (MEC)

+ Competência 5 da redação do Enem

Guia do Enem

Você sabia que o Enem é o segundo maior vestibular do mundo? A prova perde apenas para o Gaokao, da China. Ou seja, essa é uma das maiores oportunidades para conseguir a sua vaga dos sonhos em uma universidade, seja ela pública ou privada. 

Para te ajudar, o Blog do EV desenvolveu o Guia do Enem, com tudo o que você precisa saber sobre a sobre a prova; desde a inscrição, o que estudar, possíveis temas de redação e até indicações de onde você pode usar a sua nota para conquistar o sonho de ingressar em uma universidade de qualidade. 

Veja algumas das informações que você encontrará no Guia do Enem:

  • Enem Impresso x Enem Digital
  • Calendário do Enem
  • TRI: como funciona a nota do Enem
  • Checklist: veja o que mais cai no Enem por disciplina
  • Como desenvolver repertório sociocultural para a redação?
  • Exemplos de redação nota 1.000

Agora que você já sabe quais são as 5 competência da redação do Enem, que tal se preparar com o Estratégia Vestibulares para conseguir nota máxima? Confira nossos artigos sobre o Enem, cursos e simulados!

EV - CTA - Turma do Meio do Ano - Ultimo Lote 2024

Veja também:

Você pode gostar também